Aeroporto de São Carlos recebe visita técnica para sua internacionalização

Aeroporto de São Carlos recebe visita técnica para sua internacionalização

Compartilhar

Lobbe Neto, deputado federal do PSDB paulista, recepcionou na quinta-feira (09/02), no Aeroporto Estadual Mário Pereira Lopes, em São Carlos, representantes da Conaero (Comissão Nacional de Autoridades Aeroportuárias); do Departamento Aeroviário do Estado de São Paulo (DAESP); e da LATAM Airlines Brasil.

 

O objetivo do encontro, que contou também com a presença do prefeito anfitrião Airton Garcia, foi a realização de visita técnica que vistoriou a infraestrutura existente e assim caminhar o processo de internacionalização do aeroporto para manutenção de aeronaves da LATAM e de terceiros.

 

Em coletiva à imprensa, o diretor de Aeroportos do Daesp, Álvaro Cardoso Junior, ressaltou que o processo de internacionalização caminha positivamente. “O papel da Conaero é exatamente verificar a infraestrutura existente, se está de acordo com a legislação e se há alguma necessidade de adaptação”, contou.

 

Cardoso Junior afirmou que não há prazo para que a internacionalização se concretize. “Depende de várias entidades e cada uma tem seu processo e caminho a seguir, então nós não podemos fixar um prazo exato para isso”, afirmou.

Único representante de São Carlos no Congresso Nacional, Lobbe tem trabalhado e se empenhado, há muito tempo, para que a internacionalização se concretize e gere novos empregos e renda para São Carlos e região. “Trabalhamos aqui desde a desapropriação dessa pista, que era particular e passou a ser estadual. Depois com a vinda da TAM, agora Latam contando com cerca de 1300 funcionários, enfim, tudo isso faz parte de um trabalho iniciado há muito tempo, com muitas autoridades ajudando”, contou.

 

“Estamos localizados em um novo Polo Aeronáutico. Temos a Embraer em Gavião Peixoto, cursos de Engenharia Aeronáutica, vários cursos técnicos na parte aviônica e com essa internacionalização, teremos mais geração de empregos, especialmente, no momento que atravessamos no País”, completou.

 

O parlamentar lembrou que a internacionalização do aeroporto já passou por quatro instâncias federais e obteve manifestação prévia favorável do Ministério da Agricultura, por intermédio do Sistema de Vigilância Agropecuária Internacional (VIGIAGRO), Anvisa, Receita Federal e, no final do ano passado, da Polícia Federal. “Por fim, o processo de internacionalização será analisado pela ANAC, que irá avaliar os relatórios apresentados pelos representantes da Conaero, coletados no dia de hoje”, disse.

 

De acordo a LATAM, a internacionalização do aeroporto de São Carlos pode tornar o seu Centro de Manutenção (MRO) mais competitivo internacionalmente e resultaria em uma redução significativa dos custos adicionais exigidos atualmente com diárias, improdutividade dos aviões, combustível, pousos, decolagens e tripulação das aeronaves que saem de outros países para acessar os hangares de manutenção na Capital Nacional da Tecnologia. “Estima-se que esses custos sejam reduzidos em cerca de R$ 9 milhões por ano, pelos serviços de manutenção aeronáutica, prestados atualmente em São Carlos”, informa a nota distribuída à imprensa.

Texto e fotos: Paulo Melo/Assessoria Lobbe Neto

 

Compartilhar