Capitão Fumagale recebe homenagem em Araraquara

Capitão Fumagale recebe homenagem em Araraquara

Compartilhar

O capitão da Polícia Militar, Luis Fumagale, que é nascido e mora em Ibaté, recebeu uma grande homenagem na cidade de Araraquara.

Fumagale recebeu a medalha comemorativa do cinquentenário do 13º Batalhão da Polícia Militar de Araraquara, junto com outros militares e autoridades civis.

A homenagem foi o reconhecimento dos serviços prestados naquela unidade e eterniza os lações de amizade construídos ao longo dos sete anos que Fumagale contribuiu com a corporação.

Fumagale está de licença prêmio e deve se aposentar entre agosto e setembro deste ano.

Capitão Fumagale foi sempre um destaque por onde passou, inclusive quando trabalhou em Ibaté combatendo com pulso firme a criminalidade, efetuou a prisão de diversos criminosos das ruas da cidade.

Acompanhe abaixo a história do capitão Fumagale:

Fumagale ingressou na Polícia Militar em 27 de agosto de 1990, realizando o Curso de Formação de Soldados no Núcleo de formação do Comando de Policiamento do Interior três, em Ribeirão Preto. Foi promovido a Cabo em Junho de 1994, a 3º Sargento em Setembro de 1995, a 2º Sargento em setembro de 2003, a 1º Sargento em julho de 2009, à 2º Tenente em novembro de 2010, a 1º Tenente em maio de 2014 e, finalmente, a Capitão em 25 de agosto do corrente ano.

Ao longo da carreira, trabalhou nos municípios de São Carlos, Praia Grande, Caieiras, Cajamar, Pitangueiras, Taquaral, Sertãozinho, Rio Claro, Piracicaba, Araraquara, onde está atualmente, e Ibaté, onde exerceu suas funções em quatro oportunidades e teve marcante passagem, destacando-se, em especial, no combate ao tráfico de drogas.

Na Polícia Militar foi instrutor nas disciplinas de legislação organizacional, direção defensiva, polícia comunitária, procedimento operacional padrão, processos regulares, direitos e vantagens, deontologia, técnicas de direção policial e policiamento de trânsito urbano, sendo que nesta última, foi instrutor em diversos Batalhões, notabilizando-se pelo aprofundado conhecimento no assunto.

Detentor de uma carreira exemplar, jamais foi punido disciplinarmente, em que pese o enérgico regulamento da instituição, tendo registrado em seu prontuário mais de setenta elogios individuais por ações meritórias. Foi condecorado com medalha valor militar em grau bronze, honraria concedida pelo Governador do estado e única medalha que passa pelo crivo dos poderes Judiciário e executivo, bem como, foi condecorado com láurea do mérito pessoal em 5º, 4º, 3º e 2º graus, já tendo sido indicado para o recebimento em 1º grau, que é maior honraria que pode ser concedida há um policial militar.

Estudioso e dedicado, entre formação, aperfeiçoamento e especializações, dentro e fora da instituição, participou de mais de cem cursos, destacando-se aqueles voltados a direção defensiva e trânsito, que somam vinte e cinco.

Compartilhar