Escola Municipal conta a história de Ibaté

Escola Municipal conta a história de Ibaté

Compartilhar

O semestre na Escola Municipal “Julio Benedicto Mendes” terminou em grande estilo, contando a história de Ibaté. Preocupada em formar bons leitores, a Unidade de Ensino finalizou o semestre com o Projeto Leitura, com intuito de torná-la um momento prazeroso para seus alunos.

A leitura possui uma função de extrema importância no ensino e aprendizagem, uma vez que a partir do desenvolvimento da sua competência esse aluno tornar-se proficiente em todas as disciplinas. Essa competência, por sua vez, será construída pelas práticas de leitura presentes dentro da sala de aula e no ambiente escolar, com a finalidade de formar leitores e produtores de textos aptos para o manejo claro e definido de diversos gêneros textuais.

O diretor da escola, Alexandre Moraes Gaspar, contou que o Projeto tem o objetivo de incentivar a leitura, oferendo espaços diferenciados e lúdicos. “Dentro da proposta pedagógica adotada, acreditamos que através de projetos os alunos têm a oportunidade de aprender conceitos que possam levar por toda a vida, como conviver em harmonia, respeitar o próximo, aprender trabalhar em grupo, ser criativo, ter uma linguagem bem desenvolvida, constituir uma leitura de mundo de forma inteligente e que lhe abra novas perspectivas, ser perceptivo aos fatores críticos, dentre outros. Conversamos com os docentes no início do ano letivo a respeito de alguns projetos, sendo um deles o de leitura, já que infelizmente com o avanço das tecnologias, cada vez menos as pessoas interessam-se pela leitura. Sendo assim, um dos nossos desafios é fazer que ela seja um hábito, transformando-se em algo prazeroso”, ressaltou.

No mês que a Encanto do Planalto comemorou 125 anos, a escola decidiu trabalhar com os alunos sobre a história do município. Para a coordenadora Rosangela Aparecida Silva da Cruz, é importante que os discentes saibam sobre a história da cidade onde moram. “O desfile Cívico já é marca registrada de Ibaté, mas pensamos em fazer algo a mais com nossos alunos, sendo assim no mês do aniversário do município eles aprenderam e apresentaram sobre a história do município, desde a sua fundação até os dias atuais”, comentou Rosangela.

Segundo o diretor, é necessário propiciar um ambiente positivo e agradável ao aluno, para que este consiga chegar ao encontro da leitura por um caminho prazeroso. “Em meio a tantas distrações competindo com a leitura, não é mais possível um professor conseguir resultados com um simples convite a leitura. Exige-se muito mais que isso, principalmente quando levamos em consideração que a criança busca realizar atividades atrativas e prazerosas. Como de praxe, os professores estão desenvolvendo o Projeto Leitura e finalizando o semestre de forma brilhante, estimulando os alunos a refletirem sobre suas atitudes, transformando a realidade e colaborando com a formação integral do ser humano, tendo como fundamento os valores éticos. Eles são dedicados e comprometidos em oferecer um ensino de qualidade”, finalizou Gaspar.

O prefeito José Luiz Parrella (PSDB) aproveitou a oportunidade para agradecer o trabalho da Rede Municipal de Ensino nesse 1º semestre. “Todos nós tivemos um ou alguns professores marcantes que influenciaram positivamente nossa vida, agregaram aprendizagens significativas e até hoje nos inspiram e trazem boas lembranças. Temos que valorizar e prestigiar nossos professores, por isso agradeço cada um de vocês pela dedicação e trabalho realizado em nossas escolas. Aproveito a oportunidade para relembrar que as aulas no Ensino Infantil e Fundamental retornam no dia 23 de Julho e que a creche Ermínia Morganti, EMEI Augusta Donatoni, EMEI Bruna Esposito, EMEI Ruth Zavaglia, e EMEF Alice Cervoni funcionarão durante o recesso escolar para atender nossos alunos”, finalizou o chefe do executivo.

 

Compartilhar