Marino Motos critica organização do rodeio, após grave atropelamento de jovem em...

Marino Motos critica organização do rodeio, após grave atropelamento de jovem em Ibaté

Compartilhar

O vereador Marino Motos (PSDB), fez duras críticas a organização do 30° rodeio de Ibaté.

O vereador criticou a organização, após o grave atropelamento que ocorreu na Rodovia Washington Luis, próximo a entrada principal da cidade, onde ocorreu a festa de peão.

O atropelamento quase tirou a vida do jovem Luciano Rosa de 18 anos, que estava indo se divertir na festa do peão, quando foi atingido por um carro no gramado às margens da rodovia.

Marino Motos ficou bravo, porque teve uma indicação aprovada por todos os vereadores, pedindo a organização do rodeio que colocassem ônibus à disposição dos moradores do Jardim Cruzado, mas a organização achou inviável e infelizmente o pior aconteceu.

Marino Motos, disse que a indústria do rodeio gera milhões e os organizadores não se preocupam com a vida. ” Muita gente acha que vereador não faz nada, mas está aqui a indicação, aprovada por todos nós que tem preocupação com a população. Estamos cobrando e nós fizemos a nossa parte. A empresa Paraty também poderia dispor de veículos para levar os moradores de Ibaté no rodeio, mas não se manifestaram. O rodeio gera milhões e ninguém se preocupa com a vida.” Afirmou o vereador.

O jovem Luciano Rosa, que fraturou as duas pernas, passou por duas cirurgias e continua se recuperando em casa.

Compartilhar