Militar da Força Aérea mata o pai em Pirassunga e joga corpo...

Militar da Força Aérea mata o pai em Pirassunga e joga corpo em rio

Compartilhar

Um militar reformado da Academia da Força Aérea (AFA) de 42 anos foi preso na terça-feira (11/04), em Pirassununga, após matar o próprio pai, de 61, com dois tiros, segundo a Polícia Civil. Ele ainda jogou o corpo no Rio Mogi Guaçu e os bombeiros ainda não conseguiram localizá-lo. A motivação do crime ainda é desconhecida, mas o autor é dependente químico e tem problemas psiquiátricos, segundo a mãe.

O crime aconteceu em um rancho no bairro da Balsa. A vítima, Carlos Roberto Martins era operador financeiro e morava no local com a esposa e o filho, Rodrigo César Martins, que é soldado aposentado da AFA em Pirassununga.

Segundo a Polícia Civil, a vítima estava pescando no Rio Mogi-Guaçu quando o rapaz chegou e começou a atirar com a espingarda que era do pai. Depois, ele jogou o corpo e a arma no rio e avisou um advogado, que comunicou a polícia. De acordo com a polícia, o homem confessou o crime.

Dependente químico com problemas psiquiátricos

A diretora escolar Márcia Martins conta que o filho é dependente químico e sofre de problemas psiquiátricos, após um acidente de moto que sofreu há 20 anos. Segundo ela, o filho sempre tinha conflitos com o pai e já tinha tentado matá-lo outras vezes.

Com informações do G1

 

Compartilhar