Mulher é atendida em UBS de São Carlos com suspeita de infecção...

Mulher é atendida em UBS de São Carlos com suspeita de infecção por H1N1

Compartilhar

São Carlos registrou mais um caso suspeito de infecção pelo vírus H1N1. Uma mulher de 35 anos foi atendida na última quarta-feira (09/05) pelos profissionais da Unidade Básica de Saúde (UBS) do bairro Maria Stella Fagá com suspeita de ter contraído a doença. 

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) transferiu a paciente até a Santa Casa de São Carlo, onde passou por exames com objetivo de confirmar o descartar o que pode ser mais um caso de gripe H1N1 na cidade.   

Morte de homem infectado 

Um homem de 34 anos morreu na manhã de segunda-feira (07) com suspeita de infecção pelo vírus H1N1 na Santa Casa de São Carlos. De acordo com a assessoria de imprensa do hospital, a causa da morte de Wellington Aparecido de Moraes não havia sido confirmada confirmada.

A sorologia do paciente foi colhida e enviada para análise em Ribeirão Preto e, na quinta-feira (10), o laudo médico confirmou a infecção por H1N1 como agravante e causadora da morte do paciente.

Primeiro caso de morte por gripe

Em 28 de abril um homem de 46 anos morreu após ser internado na Santa Casa. Ele foi internado com quadro de insuficiência respiratória ficou aproximadamente 20 dias na UTI. Um exame realizado pelo Instituto Adolfo Lutz deu resultado foi positivo para o vírus Influenza A não subtipado. 

Até o começo de maio, São Carlos havia registrado 16 casos suspeitos de Síndrome Respiratória Aguda Grave em 2018. 11 casos foram descartados, 4 aguardam resultado e 1 positivo para Influenza A não subtipado.

A Cidade On

Compartilhar