Presidência do COREN-SP visita a Santa Casa e propõe parceria para a...

Presidência do COREN-SP visita a Santa Casa e propõe parceria para a valorização do profissional

Compartilhar

A Santa Casa recebeu na tarde dessa quarta-feira, 3, a visita de cortesia da presidente e o vice-presidente do Conselho Regional de Enfermagem (COREN – SP), Renata Andréa Pietro Pereira Viana e Cláudio Luiz da Silveira, respectivamente.

 

A Mesa Administrativa, por meio do provedor, Antonio Valério Morillas Júnior, e ainda com a presença do segundo vice-provedor, Carlos Eduardo Gatti Petroni e do tesoureiro, Luis Carlos Trevelin receberam a direção do COREN. A recepção contou com a presença do médico e diretor técnico do hospital, Marcelo Lourencini Puga e da gerente de práticas assistenciais, Vanisia Sulpino Vieira, além da equipe de coordenadores de Enfermagem da Santa Casa.

Renata Pietro teve oportunidade de conhecer a estrutura do hospital e as frentes de trabalho que estão em atividade, como o projeto “Cuidar de Quem Cuida” que visa o acolhimento e bem-estar dos profissionais que trabalham na Santa Casa. Diante da similaridade do trabalho propôs parceria para consolidar as ações desse comitê.

A presidente afirmou que o diferencial da sua gestão é a proximidade com os profissionais oferecendo estrutura para o exercício da profissão amparado por requisitos éticos e legais. “O Conselho busca ter um caráter educativo, e menos punitivo. Já está à disposição o canal C COREN Sem Fronteiras, que oferece conteúdo online de aperfeiçoamento”, exemplificou.

 

O provedor elogiou a ação assertiva do Conselho e reforçou a importância do órgão pontua as ações dos hospitais para juntos construírem um ambiente de trabalho adequado e que favoreça o profissional. “O Conselho é nosso parceiro e o trabalho em conjunto irá gerar bons frutos dentro da proposta de apoio e valorização do profissional de Enfermagem”, reforçou.

Uma das orientações do COREN é o Comitê de Ética da Enfermagem, o qual a Santa Casa tem instaurado e em atividade. Composto por dez profissionais, o Comitê analisa todas as demandas educativa, consultiva e de averiguação do exercício ético-profissional nas áreas de assistência, ensino, administração e pesquisa na Saúde.

 

A presidente reforçou o papel interativo do Conselho. “Um outro ponto importante é nós pensarmos que a aproximação quebra o paradigma que o Coren só existe para fiscalizar e punir. A ideia enquanto Conselho é fortalecer politicamente para valorização do profissional”, afirmou Renata.

 

Para Vanisia Sulpino, a aproximação do Conselho por meio da Presidência do órgão consolida o compromisso da nova diretoria no empoderamento dos gestores responsáveis técnicos dos serviços como também de toda a categoria de Enfermagem.

“A presença do Coren nas instituições fortalece a atuação e valorização dos profissionais. Este movimento, reafirma que estamos no novo momento do Conselho no Estado e no País”, afirmou.

Compartilhar