Restaurante cobra R$ 200 após emprestar carregador portátil a cliente

Restaurante cobra R$ 200 após emprestar carregador portátil a cliente

Compartilhar

Um restaurante da Zona Sul do Rio cobrou R$ 200 de um grupo de amigos após uma cliente utilizar um carregador portátil de celular oferecido pelo próprio estabelecimento. Só depois deles perceberem a cobrança é que o dinheiro foi extornado. A informação é do G1.

A cliente perguntou ao garçom do restaurante Sushi Leblon se poderia usar uma tomada para carregar a bateria do celular. O funcionário lhe ofereceu o carregador portátil e ela utilizou.

No fim do almoço, ao verem a conta, a surpresa. O estabelecimento cobrou pelo uso do equipamento.

conta-01

A médica Michelle Figueiredo, de 35 anos, estava na mesa e relatou o fato ao G1. “Quando chegou a conta, a gente foi pagando meio sem conferir. Estava cara, mas como bebemos caipirinha, comemos sushi, achamos que o valor estava correto. O marido de uma das meninas viu na conta o carregador como R$ 200. Reclamamos e o garçom disse que ia estornar. Eu já tinha passado o cartão, minha amiga também”, conta Michelle.

Segundo a médica, em nenhum momento foi mencionado que o valor seria cobrado ao final do almoço.

“Eu achei a ideia de terem um carregador bacana, porque a maioria dos lugares não tem. Nós éramos quatro pessoas, eu, uma amiga e um casal. Foi um dia tranquilo, não estava muito cheio, o sushi não estava bombando, não tinha motivo pra confusão na conta. Eles não estão vendendo o produto, é emprestado”.

Em nota, o Sushi Leblon informou ao G1 que lança na comanda uma caução quando os clientes pedem o equipamento e, na devolução o valor é retirado.

“Neste caso específico, por descuido do garçom, a cobrança não foi estornada. Ao perceber o erro, ainda durante a estadia do cliente na casa, a quantia foi devolvida de imediato. Reiteramos com nossa equipe o procedimento correto”, diz a nota.

Yahoo / Foto: Reprodução

 

Compartilhar