Reunião entre autoridades e comerciantes discutirá a segurança em Ibaté

Reunião entre autoridades e comerciantes discutirá a segurança em Ibaté

Compartilhar

O prefeito José Luiz Parrella (PSDB) está bastante preocupado com a segurança da cidade de Ibaté. Desde que assumiu a Prefeitura, pelo terceiro mandato, o prefeito vem desenvolvendo ações com objetivo de deixar a cidade tranquila.

 

Dessa vez, Zé Parrella organizou uma reunião com as autoridades, comerciantes e a população em geral, marcada para esta quarta-feira (25), às 15h, no Centro Comunitário “João Batista Lopes”. A reunião é aberta e todos podem participar.

 

O prefeito convidou a juíza Drª. Letícia Lemos Rossi; o promotor Marco Aurélio Bernardi de Almeida; o comandante do 38º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Alexandre Wellington de Souza; o capitão Renato Gonzalez; o tenente Daniel Marcos Molina; o delegado da Polícia Civil, Dr. Wilton Gonçalves Garcia Filho; o investigador Antônio Adegas Martinelli Junior; o comandante da Guarda Municipal, Vitor Reis; o Conselho Municipal de Segurança (Conseg); a Associação Comercial, Industrial e Pecuária de Ibaté (ACIPI); os vereadores e o deputado federal Lobbe Neto (PSDB-SP) para que discutam ações pela melhoria da segurança pública na cidade .

 

De acordo com Zé Parrella, a reunião surge após comerciantes solicitarem providências em relação à segurança. “Fui procurado por um grupo de comerciantes que pediu apoio em relação a segurança, devido aos furtos e roubos que vem acontecendo na nossa cidade. Com isso, achei interessante realizar uma reunião com todas as autoridades da cidade e região para discutir essa situação”, comentou.

 

O prefeito ressalta a importância da participação dos ibateenses, principalmente dos comerciantes que clamam por soluções, para expor o que vem acontecendo e dar sugestões. “A população tem que participar, os comerciantes tem que comparecer, tanto para relatar o que vem acontecendo, o que vem sofrendo, quanto para saber como as autoridades estão trabalhando no combate da criminalidade na nossa cidade”, destacou.

 

Zé Parrella sabe que a Segurança Pública não é uma obrigação da administração municipal, mas acredita que a união de todas as forças poderá contribuir na diminuição dos índices de criminalidade. “Apesar de não ser uma obrigação do município e sim do Estado de São Paulo, prontamente, solicitamos a conciliação das agendas para a realização dessa reunião que trará um resultado positivo e uma resposta à população, que está muito preocupada”, finalizou o prefeito.

 

Compartilhar